Showing posts with label Bela Vista. Show all posts
Showing posts with label Bela Vista. Show all posts

Thursday, 3 November 2016

Abstraction

Rua Treze de Maio 499 Bela Vista Bixiga

Wednesday, 20 May 2015

Intervenção Urbana

                                                                                     Foto: Paulo Avelino
Obra em execução

Estupidez

O que poderia me convencer sobre a legitimidade da violência fútil e gratuita, estranhamente tão comum?

Saturday, 13 December 2014

Para Emanuel Araujo

Carissimo Emanuel Araujo,

Ao considerar os comentários de um enviado por você na noite passada, já que não está capacitado para dizer o que pensa pessoalmente ou publicamente, tanto que mandou um artista copista que conheço falar comigo, assim decidi esclarecer seu posicionamento quanto ao dever de um Artista em ser gay, viado em seu linguajar. Consciente sobre sua homossexualidade devo deixar claro que é assunto completamente seu. Não compete a mim questionar suas escolhas e opções sexuais. Do mesmo modo, a minha heterossexualidade pertence a mim e não lhe diz respeito. Lamento que em suas avaliações sobre Arte se utilize de seu status para suas praticas sexuais. Consciente de que você não é o único e espero deixar claro que em nenhuma hipotese eu aceitaria sua influencia no mercado de arte brasileiro, ou de qualquer outro nestes termos, de que para ser Artista é preciso ser viado, portanto ter um relacionamento sexual com você. Lamento que o acesso de um Artista no Museu Afro Brasil dependa disso. Porém, isso é problema seu e do ex presidente Lula, seu amigo pessoal. A maneira como vocês usam os poderes políticos é motivo de nojo, porém o povo brasileiro aceita assim sem nenhum questionamento. A maneira como administro minha carreira de Artista é de minha responsabilidade, e se minhas finanças não são satisfatórias, isso também é de minha responsabilidade. Também não vejo nobreza nenhuma em você ao se aproximar de pessoas que estão próximas de mim para impor sua opinião sobre meu trabalho sabendo que estas não tem conhecimento nem convivência com o meio artístico e menos ainda compreendem o que seja Arte, menos ainda o que venha a ser Arte Contemporanea. Caso queira defender suas criticas sobre meu trabalho em pintura, gravura, desenho e internet sugiro que se manifeste publicamente e assuma suas opiniões. Até agora se mostrou um irresponsável quanto a avaliação de Artistas e Obras de Arte. Lamento que não seja capaz de zelar por uma mínima imparcialidade em julgamentos estéticos, tanto que usa seus desejos sexuais para avaliar Obras de Arte e Artistas. Quanto a minha situação de rua e meu uso de maconha, assuntos que já conversamos aqui na Bela Vista, são questões que eu conduzo como me melhor me convém, não dizem respeito a você! 

Assim para encerrar, e espero estar encerrando este assunto definitivamente com você e seus funcionários formais e informais os quais levam relatórios sobre mim a você.  Lembrando que em nenhuma hipótese eu procurei por você, que a iniciativa em uma conversa entre nós partiu de você Emanuel Araujo ao me ver trabalhando com minhas gravuras aqui na Bela Vista onde tem casa e atelier. Espero ser absolutamente indiferente ao seu olhar. Que desconsidere completamente termos nos conhecido um dia e que sustente isso. Pois meu trabalho com Arte é minha Vida, o contrario de você como deixa claro ao enviar um copista que se diz Artista para me convencer que tenho que ter uma relação sexual com você para ser considerado no mercado de Arte.

Espero que tenha um mínimo de dignidade e faça assim ser.

Atenciosamente

Marcelo Peres

Sunday, 30 November 2014

Geografia e Cotidiano

Minha área de atuação se dá no Bairro central considerado o mais tradicional numa cidade cosmopolita e bairrista de São Paulo. Região considerada como uma Vila localizada no Centro da Metrópole. Bairro Afro Italiano com migrações nordestinas intensas nas ultimas décadas. Num ponto comercial do cruzamento entre as ruas Treze de Maio e Conselheiro Carrão na Bela Vista, exerço meu trabalho artístico com elaborações em desenho, pintura e xilogravuras nos moldes convencionais das aplicações técnicas e suporte, mais algumas aventuras em designer de objeto utilitário. Local onde Individualidade e coletividade se debatem e convivem. Exposições da vida privada são praticas comuns na produção de trocas de conhecimento, experiências e meios de sobrevivência econômica. De maneira comercial e solidária. A mesa de uma padaria como espaço de trabalho na idealização e produção de Obras de Arte, Textos e Conversas sobre assuntos destacados na mídia e acontecimentos na vida das pessoas que frequentam esse ponto comercial e área da cidade. Inserido neste ambiente concebo minhas ideias e criações artísticas ao expor minha pessoa, trabalho e questões pertinentes a vida comum dos moradores desta região na cidade de São Paulo. Com boa ou má convivência esse contexto é gerador de reflexões sobre a realidade com motivação  e direcionamentos nas escolhas dentro de um processo criativo. Me proponho assim a representações figurativas com retratos paisagísticos em paralelo ou intrínsecos um ao outro a representações abstratas com construções de linhas retas inexistentes na Natureza projetadas como imagens virtuais na Internet. Artista e Obra se tornam uma só construção para justificativas para a existência da Arte em meio a falta de conhecimento ou sensibilidade para a Arte. Opiniões sobre o que venha ser ou não Arte se expressam diante esse fazer artístico. A escolha de formas paisagísticas são sugeridas por um gosto local diante a abstração que elaboro depois de considerar muitas interpretações expressas ao longo do tempo com meu trabalho. A Abstração não faz relações com o considerado realidade no senso comum, dai eu me dedicar a essa forma de Arte. Não há equívocos nas interpretações. A linha reta é linha reta, o azul é azul, o vermelho é vermelho e assim consequentemente, a imagem figurativa remete a compreensão fotográfica dos contextos representados. Memoria e relação com a existência das coisas. Na abstração, os significados são propostos pelo Artista proporcionando um grau mais elevado de liberdade de criação artística. Essa dialética movimenta estruturas de pensamento e reflexões na importância dessa produção no desenvolvimento e atualidade de produções artísticas e abre caminho para concepções contemporâneas de Arte. Provoca questionamentos sobre o que é Arte agora.
 
Esse é o meu cotidiano diário.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.